Dona de conveniência diz que motorista discutiu por futebol antes de atropelar mulher em posto: ‘Absurdo’

De acordo com a Polícia Militar de Itu (SP), homem apresentava sinais de embriaguez e foi preso em flagrante. Câmera flagrou momento em que homem atropelou a mulher. Vítima passou por cirurgia e segue internada na UTI de um hospital da cidade.

A dona da loja de conveniência em que uma mulher foi atropelada propositalmente disse que o motorista teria discutido por futebol antes do crime. O caso aconteceu na noite de sábado (17) na avenida Dr. Otaviano Pereira Mendes, em Itu (SP), e a ação foi registrada por uma câmera de segurança.

O homem foi preso em flagrante e, de acordo com a polícia, responde a um outro processo de 2013 por crime de homicídio qualificado. Edmilton Araújo Silva, de 40 anos, chegou a ser preso em setembro de 2022, e cumpria pena de quatro anos em regime aberto.

Em entrevista à TV TEM, a dona do estabelecimento, Mônica Boni, disse que o homem teria discutido e, inclusive, trocado socos com outras pessoas antes do crime.

“Teve uma briga, por futebol, e ele levou dois ou três socos e falaram ‘vai embora que você está sendo inconveniente’. Ele foi até o carro, o pessoal ficou até aliviado, mas aí ele passa por aqui, dá uma ré e atropela o pessoal. Nós ficamos em choque”, relata.

Ainda de acordo com Mônica, a funcionária estava trabalhando normalmente no momento em que foi atropelada. “Nós estamos preocupadíssimos. Ela só estava trabalhando e nem tinha nada a ver com isso. É um absurdo, uma coisa muita pequena virar isso tudo”, conta.

A dona ainda disse que não calculou os prejuízos ocorridos na estrutura do estabelecimento.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), o motorista deve passar por audiência de custódia nesta segunda-feira (19) e, com isso, a Justiça vai decidir se ele permanece preso ou se será liberado.

Confusão e acidente
Segundo a Polícia Militar, o condutor se envolveu em uma confusão com outras pessoas, entrou na caminhonete e avançou sobre o grupo que estava na frente de uma loja de conveniência.

Nas imagens, é possível ver que as pessoas estavam paradas quando, por volta de 23h30, a câmera registra o momento que a caminhonete circula pelo posto.

Alguns segundos depois, as pessoas se levantam e tentam sair rapidamente do local, quando o motorista avança em marcha à ré. Uma mulher, que estava sentada, foi atingida pelo veículo .

Com o impacto, o vidro do estabelecimento quebrou, e a mulher foi atropelada. Conforme apurado pelo g1, ela sofreu ferimentos graves nas pernas, foi socorrida e encaminhada para a Santa Casa de Itu, onde passou por cirurgia e segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Ainda conforme a Polícia Militar, o motorista fugiu do local, mas foi encontrado na casa dele com sinais de embriaguez. Apesar de ter se recusado a realizar o teste do bafômetro, ele confessou ter ingerido bebida alcoólica antes de dirigir.

O homem foi preso e confessou o crime às equipes da corporação, sendo levado para a delegacia de Itu. Além disso, ele foi autuado por desacato às autoridades policiais, tendo xingado e feito gestos obscenos para uma policial civil.

O caso foi registrado como desacato, embriaguez ao volante e tentativa de homicídio na Delegacia de Polícia de Itu. A caminhonete envolvida no atropelamento foi apreendida.

O Diário Regional

Learn More →

Deixe um comentário